Abertura.01 - FotoOlhar

Ir para o conteúdo

Abertura.01

Pós-Produção
Indice
(Em ordem de lançamento)
Soft Grátis e Livre 01 • Abertura 01 •
Software Grátis e Livre 02 - Gimp 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Nov./21
• Vamos conversar um pouco sobre o Gimp, um software grátis, livre e que tem recursos, ferramentas e faz ajustes profissionais. Muitas pessoas que fotografam me perguntam que software é o ideal para a pós-produção e eu sempre respondo, aquele que atende às suas necessidades, não digo os mais simples, mas sim aqueles que possibilitam o trabalho com camada, recorte com transparência, sobreposição de imagem, por exemplo, e, ainda, para que serão usadas as fotos, se for para a internet um software, grátis, pago ou livre mais simples produzirá bons resultados. O que quero dizer com "mais simples"? Me refiro à aqueles softwares que tem alguns recursos de qualidade profissional, mas priorizam a automação com apenas alguns permitindo ajuste manual. Que possua uma boa quantidade de opções para ajustes, efeitos especiais, tratamento etc.
• O Gimp não é para todo fotógrafo amador, como disse acima, vai depender da finalidade da sua foto. Ele é ideal para uso amador avançado, por profissionais da fotografia na pós-produção, por exemplo, editores ou editoras de imagem, ou mesmo, pelo próprio fotógrafo, estas imagens poderão ser ampliadas, impressas em papel, fazer parte de um vídeo ou filme, de um outdoor...
• Não ouça o que muitos afirmam por aí, que o Gimp é um PhotoShop, não há nenhuma semelhança entre os dois, pois eles produzem resultados de maneira bem diferente. Outra informação importante, ambos possuem recursos, que o outro não possui, mas que possibilitam resultados fascinantes. A maior diferença está no preço, o PhotoShop é caríssimo, um software proprietário e com código-fonte fechado. Já, o Gimp, é um software Livre, grátis e pode ser modificado ou ganhar recursos diferenciados, desde que você saiba programar, porque tem seu código-fonte aberto. Eu gosto muito dele, posso trabalhar com as três janelas, separadas ou unidas, ele me dá esta opção. Como o PhotoShop, o Gimp permite em suas ferramentas, ajustes, tratamentos, o controle manual e pessoal, ou seja, você fará manualmente o ajuste que melhor atenderá às suas necessidades. Existe no site da Microsoft, denominado Loja, um programa denominado Gimp Profissional, que é cobrado, além de usar um nome que não é dele, o mesmo quebra as normas que regem o software livre, ou seja, que fazem parte do Projeto Gnu de Software Livre, que possibilita você ter acesso ao código-fonte, alterá-lo ou aperfeiçoá-lo, redistribuir gratuitamente e aberto, o mais importante, sem custo para quem baixá-lo.
• Não espere dominar o Gimp na primeira vez que abri-lo, vai ser necessário um bom estudo, mas para isso existem gratuitamente na internet tutoriais e vídeos ensinando como usá-lo. Para finalizar o Gimp também é uma ferramenta para desenho, pintura, vídeo e não apenas para fotografia. Abaixo a imagem da tela e área de trabalho do Gimp, que é personalizável. Boas experiências com o Gimp!
Software Grátis e Livre 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Jun./21
• Nesta matéria vou citar alguns exemplos de softwares de edição de imagens grátis e livres, depois, em outra matéria os pagos, só quero destacar que tem muitos softwares grátis e livres com qualidade, com destaque para o Gimp, um software tão bom como o mais famoso e pago.
• Estes softwares atendem às necessidades da maioria dos fotógrafos e fotógrafas, sejam amadores, entusiastas e profissionais, uma condição que evita grandes despesas com a aquisição(ões) de licença(s) para diversos fins, como: para internet; integradas a documentos; para e-book (e-livro); ampliações (vai depender da resolução, que não é qualidade, mas sim determina a possibilidade de ampliação) impressão em papel, na publicidade, vídeos etc.
• Os softwares livres, ligados ao projeto GNU de Software Livre, ou seja, ao Linux, que tem versões para o Windows e o Mac, são grátis e livres, pois, possibilitam ao usuário programador modificá-los ou melhorá-los, pois tem código aberto.
• Você irá baixar a versão adequada a seu Sistema Operacional, instalá-lo e iniciar seu trabalho, mas antes, leia ou assista a vídeos as orientações de uso do software. Quem tem o sistema Linux terá outras opções que não estão disponíveis para o Windows e ou o Mac. Muitos softwares têm uma versão em português do Brasil ou de Portugal, outros em inglês ou outra língua, mas uma boa parte tem versão para o espanhol e não para o português Brasil.
• Os grandes softwares pagos, além de caros, tem ferramentas que nunca serão usadas pelo usuário comum, porque são destinadas aos profissionais, principalmente da indústria gráfica. Nesta matéria apresento cinco softwares em ordem de qualidade. Abaixo os softwares e o link com a informação se é freeware (grátis) ou livre:
1. Gimp: O melhor deles, com ferramentas e recursos profissionais e de alta qualidade, tenho muitas das fotos publicadas no Facebook, Instagram, Flickr e Twitter editados nele. Fiz muitos tratamentos para impressão em papel com e sem ampliação, para vários e-livros (e-books), permite o uso de plugins e outros softwares integrados. Para o formato Raw é preciso baixar um outro software que se integrará a ele. Aceita diversos plugins.
2. Inkscape: Um ótimo software e tem versão para Windows, Linux e Mac, em Pt-Br. Tem ótimas ferramentas e recursos de alta qualidade, mas não chega aos pés do Gimp, mesmo porque tem outras funções. Aceita diversos plugins.
3. Pinta: Um software simples, mas eficiente, tem versão para Linux, Mac e Windows, apresenta boas ferramentas e recursos para qualquer atividade ou finalidade das fotografias. Tem versão em Pt-Br. Aceita diversos plugins.
4. Paint.Net: Um software grátis, mas proprietário (freeware), com versão paga, mas barata no site da Microsoft, não tem versão para o Windows, aceita diversos plugins. Tem várias ferramentas e recursos interessantes e eficientes.
5. PhotoScape: Um software que tem uma versão freeware para Windows, mas a mais completa é paga, por isso o classificamos em quinto lugar. Aceita diversos plugins.
Pós-Produção 01 - Abertura 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior Jun./21
• Estou iniciando mais uma seção do Site FotoOlhar.com onde apresentarei algumas possibilidades de tratamento, edição, criação de efeitos especiais, criação de efeitos visuais, conversão para escala de cinza, preto & branco, monocromia, sépia etc.
• Abaixo alguns exemplos para que você tenha um pequeno contato. Para esta matéria usei o Movavi Picverse (licenciado) nas imagens capturadas por mim com a câmera Pentax Optio E10. Uma câmera compacta fora de linha e comercialização. Em breve atualizações e novas matérias! Obrigado!
Direitos Autorais
• Todos os direitos reservados! É proibido imprimir, copiar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), encartar, reproduzir (por qualquer meio mecânico, eletrônico, digital, fotográficos, filme e vídeo), sem a devida autorização fornecida por escrito pelo proprietário do Site FotoOlhar.com, antigo FotoMBoé.com. Todas as imagens (desenhos, pinturas, ilustrações, fotografias, vídeos etc.), textos, slides show, galerias, apresentações (em Flash, exe, html etc.) foram produzidas por Vivaldo Armelin Júnior que é o detentor dos direitos autorais.
• É permitida a abertura exclusiva online, qualquer outra possibilidade é necessário autorização por escrito fornecida pelo responsável, acima descrito.
Voltar para o conteúdo